Buscar
  • Cleber Puerta

QUAIS OS PASSOS PARA ABRIR EMPRESA?

Atualizado: Jan 24



Muitas pessoas tem vontade de abrir seu próprio negócio, mas não sabem como abrir uma empresa, como escolher produto ou serviço para vender, capturar leads e como fazer com que a empresa cresça. Neste artigo, nós reunimos tudo o que você precisa saber para ser um(a) empreendedor(a) de sucesso!


PLANEJAMENTO

O primeiro passo, e talvez o mais importante, para abrir uma empresa de sucesso é o planejamento. Muitas vezes, o empreendedor se precipita pensando em abrir o negócio, conseguir um CNPJ, tirar as licenças e acaba esquecendo dessa etapa.


Para fugir das estatísticas (de acordo com o IBGE, seis de cada dez empresas não sobrevivem aos primeiros cinco anos de atividade), é necessário fazer um bom planejamento. Esse é o ponto de partida para determinar o público alvo do seu negócio, estudar a concorrência, o mercado, etc.


A depender desses fatores, isso pode interferir diretamente na estrutura da sua empresa, na forma de atender os clientes, no seu produto ou serviço.


2 .TIPOS DE ATIVIDADE

Antes mesmo de decidir abrir empresa, é necessário identificar qual o segmento de atividade que deseja. Existem três distinções:


Prestação de Serviços: trabalho realizado a título de mão de obra física ou intelectual;

Indústria: atividade econômica que visa transformar matéria-prima em materiais comercializáveis;


Comércio: direcionado para lojistas e Comércio Varejista direcionado ao consumidor final.


3. TIPOS DE NATUREZA JURÍDICA

Em seguida, é preciso verificar qual o tipo de natureza jurídica de sua empresa. Este, representa o regime jurídico no qual ela se enquadra, isso é, a relação da pessoa jurídica pública ou privada com a fiscalização no determinado empreendimento, junto aos dados cadastrados na administração pública.


Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas:


Empresário Individual, ou MEI: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;


Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;


Sociedade Simples, ou SS: Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comércio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo:

contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;


Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;


Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, ou EIRELI: Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.


4. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Os documentos necessários para dar início ao processo de abrir empresa em São Paulo são simples.


Para os sócios:

1 cópia simples do comprovante de residência dos sócios;

2 cópias autenticadas do RG e CPF dos sócios;

1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.


Para a empresa:

2 cópias simples do IPTU do Imóvel;

2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Agora, você vai saber quais são os passos para escolher o produto ou serviço para vender.

COMO ESCOLHER O PRODUTO OU SERVIÇO PARA SER VENDIDO?


1° passo - escolha do segmento:

produto ou serviço;

vendas pela internet ou loja física.


2° passo - Investigue os seus hobbies:

Se você está na estaca zero e não faz ideia do que vender, sugiro que comece investigando alguns de seus hobbies. Pode ser que você tenha algum hábito ou paixão com potencial para se transformar em um negócio rentável. Siga as etapas das dicas abaixo para fazer do seu hobby um negócio:

Faça uma lista de 25 coisas que você gosta;

Dentre as 25, escolha 5 que você acha que são mais importantes;

Evite mudar de opção pois isso só gastará seu tempo;

A partir das 5 opções, veja qual a necessidade do seu cliente e do mercado e qual é mais rentável.


6 DICAS PARA TER BOAS IDEIAS:

Fale com pessoas diferentes;

Explore novos lugares e novas experiências;

Tenha um bloco de ideias;

Escute músicas que acrescente algo em você;

Aproveite seu tempo sozinho(a) para refletir;

Acredite no seu potencial.


3° passo - Descubra seu público alvo:

Para quem você quer vender?

Masculino;

Feminino;

Unisex;

Infantil.


4° passo - Qual é a demanda do produto?

Olhando tudo de uma ótica mais comercial, precisamos entender agora se os produtos desse micro nicho possuem demanda. Para fazer isso, comece acessando o Planejador de palavras-chave do Google.


Através dele você consegue fazer, gratuitamente, pesquisas sobre diversos termos que são buscados no Google. A partir disso você entenderá melhor se os seus produtos já são buscados na internet (ou seja, se existe demanda real para eles).


Em relação ao volume de buscas, não existe um número ideal que estamos procurando — um produto com mais de 500 buscas mensais já mostra que tem boa demanda e talvez possa ser explorado!


5° passo - Sua empresa na internet

DICA: O mercado virtual cresce a cada dia mais, portanto é uma ótima opção de ponto vendas. A seguir, nós listamos os produtos mais vendidos pela internet:

1. Moda e acessórios: 14

2. Perfumaria e saúde: 1

3. Eletrodomésticos: 10,8%

4. Casa e decoração: 10,5%

5. Telefonia e celulares: 9,2%


Em 2014 o Brasil possuía 148 milhões de pessoas com acesso a internet (acima de 16 anos) - estimativa IBOPE Nielsen Online.


99% das pessoas com acesso a internet realizam buscas e 92% encontram o que buscam - pesquisa Yahoo.


Facebook é a 2ª maior fonte de tráfego de informação na internet e o Brasil é o 2º maior em número de pessoas conectadas ao Facebook, com 65 milhões de usuários diários - dados internos do Facebook 2015.


Neste momento, você saberá como atrair seus clientes.


CAPTURA DE LEADS:

1° Passo - O que são Leads?

Lead, em Marketing Digital, é um potencial consumidor de uma marca que demonstrou interesse em consumir o seu produto ou serviço.


Geralmente, isso acontece através do preenchimento de dados por parte do usuário em um formulário para receber uma oferta.


O lead passa a fazer parte do funil de vendas daquela empresa e é trabalhado pela equipe de marketing e vendas em esforços conjuntos no sentido do fechamento do negócio.


Com isso, lead se tornou sinônimo de qualquer visitante que informe seus contatos em troca de algum tipo de conteúdo. Lead também pode ser definido como alguém que entra em contato com a sua empresa interessado em mais informações sobre o seu produto ou serviço.


2° Passo - Como atrair leads?

Atrair - Atrair desconhecidos e conquistar visitantes regulares para sua empresa.

como? Essa é a etapa do funil na qual mais se produz conteúdo ( Blog posts e redes sociais). Para captar esse visitante, é necessário inserir uma call to action (chamada para a ação), instigando-o a interagir com sua marca e, enfim, tornar-se um lead!


Converter - Transformar visitantes mais engajados em Leads.

como? Geralmente, nesse estágio, o formato de conteúdo se alterna bastante. Você pode utilizar textos, vídeos,e-mail marketing e-books, apresentações de slides, podcasts, tutoriais, vídeo aulas, entre várias outras táticas.


Vender - Converter leads interessados em boas vendas.

como? Apresentando soluções para seu cliente através de ligações, reuniões e e- mails personalizados.


Fidelizar - oferecer a melhor experiência para seus clientes para fidelizá-los e torná-los promotores da marca, ou seja, defensores que terão a função de espalhar boas referências sobre o seu negócio.

como? sucesso do cliente, conteúdos relevantes e canais de comunicação aberta.

Por fim, vamos falar sobre o crescimento da empresa.


CRESCIMENTO DA EMPRESA:


Para uma empresa crescer é preciso:


1° Passo - Ser útil: Antes de mais nada, a empresa precisa produzir produtos e/ou serviços que elimine as dificuldades, insegurança e descontentamento do cliente e que proporcione facilidade, conforto, segurança e principalmente a satisfação do cliente.


2° Passo - Ter planejamento: Estabeleça objetivos e metas e ações necessárias para alcançá-las.


3°Passo - Ter organização: Definição das guias e quantos recursos estarão envolvidos para atingir os objetivos.


4° Passo - Direção: Coordenação da equipe de trabalho na execução das tarefas. Faça tudo com excelência para que sua empresa seja reconhecida e procurada.


5° Passo - Equilíbrio financeiro: Estabeleça quais são suas despesas e receitas e a partir daí faça os ajustes necessários, definindo objetivos estratégicos e um cronograma de pagamentos e recebimentos. Elabore um fluxo de caixa, a fim de utilizá-lo como base em todas as decisões envolvendo investimentos (ou compra de produtos).


6° Passo - Rentabilidade: Para que sua empresa possa crescer, é fundamental que ela possua lucratividade. Por isso, tenha sempre o lucro como objetivo – otimizando procedimentos, definindo objetivos estratégicos e até mesmo delegando poderes/obrigações.


7° Passo - Separação entre os recursos financeiros da empresa e os do proprietário: Para saber se a empresa é rentável, é necessário que o caixa do empreendimento e do proprietário sejam coisas distintas, com limites bem definidos – a empresa não pode funcionar como banco de crédito ilimitado para seu dono.


8° Passo - Não temer a concorrência: Evite desconhecer seus concorrentes; pelo contrário – saiba quem são e seja melhor do que eles. Não os imite. Equipamentos, procedimentos e produtos podem ser copiados, mas a qualidade e o talento das pessoas responsáveis não.


9° Passo - Investir em marketing Digital: Marketing Direto: Transmissão da mensagem de forma direta e personalizada ao público selecionado (mala direta), por meio de e-mail, whatsapp, redes sociais, sites e YouTube.




Para abrir sua empresa conte com a Giro Consultoria Contábil que é o GPS da sua empresa.



104 visualizações
  • YouTube
  • Facebook ícone social
  • Instagram

(11) 94744-4922

Rua Vigínia de Miranda, 309 - Jardim Norma - São Paulo

Desenvolvido por  Giro Empreendedor

botão_whatsapp_site.png